MAPA DO SÍTIO ACESSIBILIDADE CONTRASTE: FONTE:

História da E.E. Professor Guilherme Azevedo Lage

A Escola Estadual Professor Guilherme Azevedo Lage, foi criada no dia 12 de março de 1985, conforme Art.12 – Ítem I da Lei nº 2.610 de 03/01/1962 e Parecer nº 126 de 04/03/1985 do Conselho Estadual de Educação. A Escola foi aprovada pelo Decreto nº 24.442, por ato do Senhor Governador do Estado de Minas Gerais Hélio Garcia, pelo órgão oficial do dia 22/03/1985. Sua construção foi conseguida graças ao trabalho das Associações de Desenvolvimento do Bairro São Gabriel, juntamente com a diretora e orientadora da E.E. Profº Antônio José Ribeiro Filho.

Para a escolha do nome da escola, colocou-se em discussão durante reunião com as lideranças, vários nomes de pessoas ilustres, a fim de que houvesse um estudo sobre eles e posteriormente a votação. No dia 04 de março de 1984, com as presenças da diretora Nícia Fernandes de Deus, o presidente da Carpe Dr. Aloysio Vasconcelos, vereador Marcio Cunha, líderes comunitários Francisco de Paula de Joaquim, educadores da E.E.Profº Antônio Ribeiro Filho e aproximadamente 1500 pessoas procedeu-se a votação para a escolha do nome da escola.

Dentro de um clima democrático, coube a vitória ao ilustre mestre e professor Guilherme Azevedo Lage, educador que dedicou sua vida aos estudantes pobres de nossa Belo Horizonte e que também contribuiu para educação do nosso Estado. Mais quem foi o "Professor GuilhermeAzevedo Lage"? Professor Guilherme Azevedo Lage, foi uma pessoa marcante por onde passou, estes são os relatos de colegas de profissão, amigos e alunos sempre lembrando dele como exemplo e dedicação ao magistério. Na sua infância, fica a história de um menino lutador que vendia verduras de porta em porta para ajudar a mãe viúva. Já crescido veio para Belo Horizonte onde se formou em Direito pela UFMG. Em sua carreira de magistério este mestre carrega um currículo invejável, foi Professor de Filosofia do Colégio Estadual de MG, Professor de Geografia do Colégio Municipal, Professor de História do Colégio Ordem e Progresso, Presidente da Banca Examinadora de alunos do Colégio Municipal de Belo Horizonte e Vice-diretor, foi Diretor de Ensino Supletivo de 1º grau de Minas Gerais e Secretário Municipal de Educação, cargo que ocupava quando veio a falecer. Saiba mais sobre a escola: clique [ AQUI ]

Fonte da matéria: Pedro Xavier (Diretor)

 

 

Rua Congonhas, 675 - Santo Antônio
Belo Horizonte - Minas Gerais
CEP: 30.330-100